Estado divulga resultado final do concurso público para professor e coordenador pedagógico

IMG-20160418-WA0031

O Governo do Estado, por meio das Secretarias da Educação e Administração  publicou, nesta terça-feira (19), no Diário Oficial do Estado (DOE), o resultado final e homologação do concurso público para suprimento de 3.760 vagas para a rede estadual de ensino, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos.

O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e em outros 26 municípios do Estado. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo local (NTE). Do total de vagas, 30% são reservadas para negros e 5% para pessoas com deficiência.
O secretário da Educação, Walter Pinheiro, ressaltou o empenho do Governo do Estado para realizar o certame, mesmo diante da situação econômica desfavorável pela qual atravessa o país. “Este concurso é resultado do esforço e do compromisso do governador Rui Costa com a Educação, que tomou esta decisão mesmo diante de um momento adverso na economia do nosso país. Teremos 3.760 novos educadores na rede, professores e coordenadores pedagógicos, que irão atuar na capital e no interior, fortalecendo o eixo pedagógico das nossas escolas”, afirmou Pinheiro.
Professores terão remuneração total de R$ 2.814,28, enquanto que coordenadores pedagógicos receberão R$ 2.890,87. As vagas de professor são para lecionar Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia.
O concurso foi lançado em novembro de 2017, com a publicação do Edital Saeb 02/2017. As inscrições foram abertas no dia 14 de novembro de 2017 e encerraram em 15 de dezembro do mesmo ano. Os candidatos passaram por três etapas, entre habilitatórias e classificatórias, como provas objetivas, discursivas e de títulos.
Realizado conjuntamente pelas secretarias da Administração (SAEB) e da Educação, a primeira etapa do certame ocorreu no dia 25 de fevereiro, em todo o estado. Dos 103.592 inscritos, 41.404 foram habilitados. O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período.
A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi contratada para a organização do certame. O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período. A nomeação dos aprovados será realizada pela Secretaria da Educação, conforme a conveniência da administração pública.
>> Veja aqui a resultado final e homologação do concurso

Secretaria promove encontro sobre o fortalecimento do trabalho pedagógico com os Núcleos Territoriais

encontro-pedagogico-da-suped-portal-4
Os coordenadores de Educação Básica dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) estão reunidos no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, nesta segunda-feira (18), para discutir sobre o fortalecimento do trabalho pedagógico dos NTE nas dimensões do currículo, dos sujeitos do processo de ensino e aprendizagem e da diversidade. O encontro, que prossegue na terça (19), trata temas como qualificação e coparticipação dos educadores na implementação de programas, projetos e ações na rede estadual.
O superintendente de Políticas para a Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Ney Campello, presente ao encontro, destacou a importância da integração dos NTE para que programas fundamentais na melhoria da qualidade da Educação na Bahia sejam efetivamente levados às unidades escolares. Na oportunidade, ele falou sobre o lançamento recente de dois programas estratégicos. “São ações que só darão certo com o envolvimento de todos. Um é o Programa de Apoio e Assistência à Saúde do Professor e do Estudante, que integrará todas as iniciativas em curso na rede, com o objetivo de ampliar ações pedagógicas e biopsicossociais que têm o olhar para estudantes e professores a partir da constituição de núcleos multidisciplinares. O outro é a Classe Hospitalar, que teve sua primeira classe inaugurada na semana passada, no Hospital Geral Roberto Santos, para dar dignidade aos alunos da rede que, momentaneamente, estejam impossibilitados de frequentar a escola”.
A diretora de Articulação Pedagógica da Secretaria da Educação, Edileusa Neres, acrescentou que o novo encontro busca dar continuidade ao alinhamento de ações, visando a implementação dos programas, projetos e ações na ponta. “Até terça, vamos dialogar temas importantes como a implementação da Base Nacional Comum Curricular; o Currículo Bahia; as ações específicas voltadas à Diretoria de Diversidade, como quilombola; as Escolas Culturais; e a Educação Indígena”.
A coordenadora pedagógica do NTE 19 (Feira de Santana), Waluska de Lima, ressaltou que encontros como estes promovem uma troca de saberes. “Temos fome de fazer cada vez mais e melhor no cenário educacional do nosso território. Então, esta é uma nova oportunidade de troca de experiências para fazermos um alinhamento de todas as propostas para que o acompanhamento nas escolas se dê da melhor forma possível, de modo a atender com qualidade da Educação pública nas escolas estaduais. Este é um momento de fortalecermos e tomarmos decisões para que nossas ações cheguem até a ponta”.

Estado publicou nesta quarta-feira (13) resultado final de Perícia Médica em concurso da Educação

 20180426_105439
A Secretaria da Administração do Estado (SAEB) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (13), o resultado final – após recursos – da Perícia Médica dos candidatos com deficiência aprovados nas duas primeiras etapas do concurso público da Educação. Os candidatos passaram por avaliação na Junta Médica Oficial do Estado da Bahia, no período de 21 a 24 de maio. A publicação também pode ser consultada no Portal da Educação, Portal do Servidor ou no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, disse que o concurso fortalece a Educação Básica. “Esta é mais uma medida que estamos adotando para fortalecer o eixo pedagógico das escolas, pois estes educadores chegam tendo acesso a uma política de formação contextualizada com a superação de desafios de tornar o ensino cada vez mais atrativo”, afirmou Pinheiro, ao acrescentar que “o concurso também evidencia o compromisso do governador Rui Costa com a Educação,  que tomou esta decisão de efetivar 3.760 professores e coordenadores pedagógicos, inclusive valorizando a carreira do magistério público, mesmo em um momento complicado da economia nacional”, destacou.
Realizado conjuntamente pela Saeb e Secretaria da Educação, o concurso para professor e coordenador pedagógico foi lançado em novembro de 2017 e teve suas provas objetiva e discursiva aplicadas no dia 25 de fevereiro, em todo o estado. Foram 103.592 inscritos e os 41.404  habilitados concorrem a uma das 3.760 vagas: 3.096 para professor e 664 para coordenador pedagógico. O certame tem validade de um ano, prorrogável por igual período, e irá abranger 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs).

Plataforma Freire continua aberta para as secretarias de educação habilitarem escolas

 matricula-no-colegio-estadual-severino-vieira-foto-divulgacao-4
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) mantém a Plataforma Freire aberta para as secretarias de educação, com isso, as secretarias podem continuar a habilitação de escolas que participarão do Programa de Residência Pedagógica e Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).
A habilitação das escolas é uma importante etapa para a concretização dos programas, fortalecendo o regime de colaboração na formação de professores da educação básica. Os projetos selecionados por meio dos Editais nº 6/2018 e nº 7/2018 serão desenvolvidos pelas Instituições de Ensino Superior (IES) em articulação com as redes de ensino.
A equipe técnica da CAPES está prestando toda assistência às secretarias para o acesso à Plataforma Freire. Em caso de dúvida, entre em contato pelos seguintes e-mails: residencia@capes.gov.br e pibid@capes.gov.br
Educação Básica – Com o objetivo de promover a iniciação do licenciando no ambiente escolar ainda na primeira metade do curso, o Pibid estimula a observação e a reflexão sobre a prática profissional no cotidiano das escolas públicas de educação básica desde o início da jornada do docente. Os selecionados serão acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de educação superior participantes do programa.
Já o Programa de Residência Pedagógica induz o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado por meio da imersão do licenciando – que já esteja na segunda metade do curso – em uma escola de educação básica. A imersão deve contemplar, entre outras ações, regência de sala de aula e intervenção pedagógica.
Assim como no Pibid, cada selecionado será acompanhado por um professor da escola com experiência na mesma área de ensino do licenciando e por um docente de instituição de educação superior. Além de assegurar a continuidade do Pibid, os editais propõem o aperfeiçoamento da formação de professores para a educação básica e a valorização dos cursos de licenciatura.
O programa Residência Pedagógica foi instituído em 2018 pela Portaria 38/2018. A finalidade da iniciativa é apoiar instituições de ensino superior na implementação de projetos inovadores que estimulem a articulação entre teoria e prática nos cursos de licenciatura, conduzidos em parceria com as redes públicas de educação básica.
>> Acesse as páginas dos programas Pibid e Residência Pedagógica

Secretaria da Educação do Estado realiza capacitação para técnicos do Censo Escolar na Bahia

IMG-20180611-WA0005
Técnicos responsáveis pela coordenação do Censo Escolar no âmbito dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e das Secretarias Municipais de Educação  participaram de uma capacitação, realizada pela Secretaria da Educação do Estado, para executar as atividades do processo censitário nas escolas. Nesta segunda-feira (11).
A superintendente de Gestão da Informação Educacional da Secretaria da Educação do Estado, Cristiane Ferreira, destacou a importância da capacitação com os técnicos estaduais e municipais. “O curso tem o objetivo de tirar dúvidas e a melhor forma de preenchimento do Educacenso para que possamos garantir a qualidade da informação nas unidades escolares. Por isso, estamos disseminando as informações e as novidades do Educacenso para que possamos ter maior fidedignidade com esses multiplicadores, que estarão passando esse conhecimento para as unidades locais. Tudo isso resulta em políticas públicas de qualidade voltadas para o território, determinando as melhores ações educacionais para a rede pública do Estado da Bahia”, afirmou.
A coordenadora de Informação da Secretaria da Educação do Estado, Ilza Patrícia, acrescentou detalhes da atividade. “Essa é a primeira etapa do Censo escolar 2018 onde começamos o treinamento e a reunião de alinhamento para a coleta dos dados, para atualização cadastral de escolas, turmas e estudantes. Também estamos aproveitando para passar informações sobre o programa Bolsa Família que são duas bases de dados muito importantes para a geração de políticas públicas, dos dados e estatísticas para a Educação do Estado. A realização do Censo Escolar é muito importante, porque faz um levantamento de toda a infraestrutura das escolas, dos docentes e dos alunos, servindo como base para a transferência dos recursos federais, monitoramento das políticas públicas e para avaliações do Ministério da Educação”, destacou.

Secretaria da Educação do Estado divulga resultado da seleção do cursinho pré-vestibular Universidade para Todos

 upt4
A Secretaria da Educação do Estado divulgou, nesta quarta-feira (30), o resultado do processo seletivo do Programa Universidade para Todos. Ao todo, 14 mil candidatos foram contemplados para o cursinho pré-vestibular. A matrícula será realizada de 5 a 8 de junho, no local e turno que o candidato optou para assistir as aulas, que já começam no dia 5 de junho e seguem até 14 de dezembro, em 236 locais de funcionamento, em 172 municípios.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, disse que o programa é uma política de inclusão. “Este programa é desenvolvido em parceria com as nossas quatro universidades estaduais (UEFS, UNEB, UEFS e UESC), em diversos municípios da Bahia, e é voltado para que nossos estudantes tenham mais oportunidade de acesso ao Ensino Superior”, afirmou.
A matrícula somente poderá ser realizada pelo próprio candidato, assistido ou representado pelo pai, mãe ou responsável, se menor de 18 anos, ou por representante munido de procuração com firma reconhecida em cartório. O candidato deverá apresentar cópia, acompanhada de original, dos seguintes documentos: carteira de identidade e CPF, comprovante de residência e histórico escolar do Ensino Fundamental II – 5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano, ou modalidades correspondentes, além de documentos específicos referentes à sua situação atual conforme edital.
Ao todo 25.490 candidatos se inscreveram para participar do UPT, que é destinado a estudantes matriculados ou egressos da rede das redes públicas estadual e municipal. Durante o curso, serão ofertadas as disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia

Secretário Walter Pinheiro vistoriou obras do Iceia no domingo (27)

iceia2_0
Faltando uma semana para o início do XIX Encontro Internacional Virtual Educa Bahia 2018, que vai ocorrer de 4 a 8 de junho, em Salvador, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, vistoriou, neste domingo (27), as obras do Centro de Formação e Eventos, que está sendo montado no
Centro Estadual de Educacao Profissional em Apoio Educacional Tecnologia da Informação Isaias Alves (Iceia), que será também a principal sede do encontro.
Com uma área total de aproximadamente 29 mil metros quadrados, cinco pavilhões e 45 salas de aula, o Isaías Alves completa 182 anos de fundação neste ano de 2018. A reforma já está em sua fase final e prioriza a estrutura de concreto (vigas, pilares e lajes). Estão incluídas a recuperação de toda a cobertura (telhados); substituição de pisos das salas e em outras áreas, com cerâmicas de alta resistência; reforma do teatro, dos sanitários, dos vestuários; das quadras, do ginásio de esporte e da piscina coberta; restauração das esquadrias (madeira e metálica); troca de toda a parte elétrica e reparos na hidráulica, além de pintura interna e externa e rampas de acesso para a mobilidade de pessoas com deficiência.
“Hoje pudemos conferir que até a montagem das estruturas provisórias para o Virtual Educa estão bem adiantadas. No geral, as coisas estão caminhando bem e vamos entregar o Iceia pronto não apenas para o Virtual Educa, mas para os próximos eventos e para sua nova etapa na conjuntura da Educação. Já temos uma atividade programada para uma parceria com o Tribunal Regional Eleitoral, com eleições simuladas com estudantes de diversas escolas. Depois do dia 8, os estudantes que aqui estudam retornam para suas salas e vamos preparar o projeto definitivo de acústica, estacionamento, cobertura das novas quadras, além da quadra coberta que já existe aqui, para a prática esportiva em larga escala. Vamos atuar no Iceia em diversas frentes, com parcerias já articuladas com o Sistema S e o Sebrae. Portanto, teremos projetos em parceria funcionando aqui, ampliando completamente o escopo de atuação deste local histórico, inclusive com a produção e uso de energias renováveis, assim como estamos fazendo com 27 escolas dos Territórios de identidade da Bahia”, destacou Pinheiro.
O Virtual Educa será um espaço privilegiado para o debate de ações e experiências bem-sucedidas em Educação, envolvendo tecnologias e conteúdos digitais, diversidade, crescimento econômico e políticas públicas. Paralelamente, o evento envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul”, voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais.
Com o tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”, o Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, do Caribe e da África. A programação constará de apresentações de trabalhos acadêmicos de educadores, estudantes e professores e profissionais da Educação, além de palestras de escritores e pesquisadores brasileiros e estrangeiros, envolvendo a temática da Educação no século XXI e sua interface com a inclusão, a diversidade, o meio ambiente, a inovação, a tecnologia e a formação docente.

Secretaria da Educação do Estado convoca candidatos aprovados em seleção para agente de portaria

agente-de-portaria
A Secretaria da Educação do Estado publicou, nesta sexta-feira (25), no Diário Oficial da Bahia (DO-BA), a convocação dos candidatos aprovados na seleção para agente de portaria. Os classificados têm o prazo de 10 dias úteis, a partir da data da publicação, no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30, para se apresentar na região onde optou por atuar. Na Região Metropolitana de Salvador deve comparecer na Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), 1º andar, sala 132. No interior, o convocado deve comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais da Educação (NTE) a que pertence o município para o qual foi convocado.
Entre os documentos exigidos estão: a original e cópia do certificado, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Fundamental para a função temporária que concorreu, expedido por instituição de ensino reconhecida; a original e cópia do diploma de conclusão do curso, relacionado à função temporária com pré-requisito/escolaridade de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida; original e cópia da carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento ou de casamento, se for o caso (ver documentação completa no edital). O candidato que, na data da contratação, não reunir os documentos requisitados, perderá o direito de ingresso na referida função temporária.
Os profissionais atuarão no prazo máximo de até 24 meses, dentro do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Inscrições para o Parlamento Jovem Brasileiro estão abertas até 28 de maio

parlamento-jovem-2016fotos-alex-ferreira-camara-dos-deputados-20
As inscrições para a 15ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) seguem abertas até a próxima segunda-feira (28). O PJB simula uma jornada parlamentar, na qual os jovens estudantes vivenciam o trabalho de um deputado federal, por meio de debates e votações. A experiência possibilita a formação de um conceito positivo acerca do Poder Legislativo, informa sobre o processo legislativo e educa para a participação e a cidadania.
É necessário ser aluno do Ensino Médio ou técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, com idade entre 16 e 22 anos, para participar. O candidato tem que estar matriculado no 2º ou no 3º ano do Ensino Médio ou no 2º, 3º ou 4º ano do Ensino Técnico, na modalidade Integrada ao Ensino Médio.
Os interessados devem elaborar um projeto de lei que proponha mudanças para melhorar a realidade do país. O tema é livre, mas deve ter impacto nacional. A proposta deve ser enviada juntamente com a ficha de inscrição e com toda a documentação necessária à Secretaria de Educação do Estado do estudante, na forma prevista no Manual de Procedimentos do PJB 2018.
O evento será realizado de 1 a 5 de outubro, na Câmara dos Deputados. Serão selecionados 78 projetos. O número de representantes jovens por estado e no Distrito Federal é distribuído de maneira proporcional, como nas eleições oficiais. São Paulo, por exemplo, que tem o maior número de deputados na Casa, recebe 11 parlamentares jovens, enquanto o Distrito Federal e o Acre, que têm oito representantes, recebem um representante jovem.
Baiano – Em 2017, o estudante Admilson dos Santos Boaventura, 18, 2º ano, do Colégio Estadual Castro Alves, em Adustina (a 356 Km de Salvador), no Nordeste do Estado da Bahia, representou a Bahia no PJB. Ele foi eleito pela criação de um projeto sobre a gestão democrática na escola.  O estudante, que é filho de agricultora familiar e morador da zona rural, também conquistou vaga no Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM) representando a Bahia.
Fonte: Ascom Câmara dos Deputados

Inscrições para o Prêmio Professores do Brasil vão até 28 de maio

professores
O período de inscrições para a 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil. O prazo para cadastro encerra no dia 28 de maio.
Podem participar professores da educação básica da rede pública brasileira. No momento da inscrição, eles deverão enviar um relato da prática pedagógica desenvolvida com seus alunos. O resultado está previsto para sair em julho e a cerimônia de premiação ocorrerá no mês de agosto.
>> Premiação
O Professores do Brasil 2018 terá premiação regional, estadual e nacional e temáticas especiais: Veja abaixo o que cada docente pode ganhar:
  • Regional: R$ 7 mil, troféu e viagem oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes);
  • Estadual: troféu para vencedor e para 2º e 3º lugar, certificados;
  • Nacional: R$ 5 mil e troféu;
  • Temáticas especiais: R$ 5 mil, viagens e participação na programação da TV Escola.
 O evento tem como objetivo reconhecer, divulgar e premiar trabalhos de professores que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.
Organizado pelo Ministério da Educação (MEC), com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação e parceiros do terceiro setor, a premiação estimula a atuação de professores na implementação do Plano Nacional de Educação e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).
Para mais informações, acesse o regulamento no site do prêmio www.premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br