Secretário Walter Pinheiro visitou o Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro no Sábado

complexoAlém de cumprir agenda de trabalho em Eunápolis, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro visitou, em Porto Seguro, no extremo sul do Estado, o Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro (CIEPS), na noite deste sábado (21), num dia intenso de atividades que foi finalizado depois das 23 horas.

“Ontem estivemos em Paulo Afonso, visitando os colégios estaduais. Hoje acompanhamos o governador Rui Costa, em Eunápolis, desde o início da manhã e viemos visitar o Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro agora na parte da noite, uma experiência exitosa dentro da nossa rede estadual, que merece todo o apoio da Secretaria da Educação, no sentido de ampar cada vez mais as ofertas e as parcerias com as universidades públicas da Bahia”, destaca o secretário.
complexo2No complexo são ofertados Educação Básica e Ensino Superior no mesmo espaço, com o objetivo de desenvolver novas metodologias de aprendizado, integrando estudantes e professores da Educação Básica e Superior. Atualmente, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia mantém os Complexos Integrados de Educação de Porto Seguro, Itamaraju e Itabuna, em parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), e de Ipiaú, em parceria com a Universidade Estadual da Bahia (UNEB).
No CIEPS da terra do descobrimento, estudantes já estão frequentando as 21 oficinas ofertadas através do projeto Estações dos Saberes. A iniciativa, realizada em todos os Complexos Integrados de Educação (CIE), visa trabalhar conteúdos que contribuem para a formação integral dos estudantes. Dentre as oficinas, destacam-se: xadrez, jornal, história regional, basquete, futsal, química dos alimentos, software matemático, teatro, dança, coral, fanfarras, grafite, horta escolar na perspectiva da educação ambiental e agroecológica, dentre outras.
Três salas são destinadas ao ensino superior, nos cursos de Licenciatura da UFSB, parceira do Centro. Além disso, estudantes da Universidade colaboram e dão suporte nas Oficinas dos Saberes. “A parceria pra gente é muito boa por isso. Pela participação deles no dia a dia da escola. A UFSB também tem uma professora que dá suporte à nossa equipe pedagógica, Danúsia Lago”, destaca o diretor da unidade, Caetano Cupolo do Sacramento. O diretor completa que a escola começou a ofertar as oficinas em 2016 e que neste ano de 2018 ocorreu a implantação da Oficina de Saberes no período noturno com diversas oficinas, incluindo para os alunos do EJA. “Esta é uma atividade multiseriada e os estudantes escolhem as oficinas que querem fazer”.
Ainda de acordo com Caetano, “a visita foi muito boa e, de fato, nós já tínhamos pedido para ele visitar nossa escola. Foi muito bom. Ele gostou da escola, que está arrumada e está passando por uma obra de reforma da biblioteca, do laboratório de Ciências e de uma sala ampla destinada às oficinas de artes e um espaço para a Banda CIEPS. “Nosso eixo pedagógico está bem alinhado com a coordenação de Educação Integral da Secretaria. São 350 estudantes no tempo integral e mais 500 estudantes à noite no Ensino Médio Regular e na Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, destaca o diretor.
O estudante Gustavo Gimenez Novaes, 16, do 2° ano, afirma que tem muita aptidão pela área da música e, por conta disso, está participando das oficinas de canto coral e banda. “Sempre gostei de música e essas oficinas nos permite adquirir novos conhecimentos, pois aprendemos sobre técnica vocal, estilos musicais, história da música, além de podermos aprimorar o nosso talento cantando ou tocando instrumentos musicais”, revela. Segundo Aline Silva Santos, 18, também do 2° ano, as oficinas tornam a rotina escolar mais dinâmica e divertida. “Estou participando das oficinas de vôlei e dança e estou gostando muito porque podemos trocar experiências com alunos de outras séries e fazer novos amigos”, salienta a estudante.
A visita de Pinheiro também foi acompanhada por gestores da Secretaria, pela  diretora do Núcleo Territorial de Deucação (NTE 27), Ozanir Aldareti Fernandes Dela Libera, além da coordenadora pedagógica Alessandra Tito e dos vice-diretores Sidicley de Oliveira Santos, Gleise Silva Alves e Maria Dalva Cardoso Marques.