Plataforma Freire continua aberta para as secretarias de educação habilitarem escolas

 matricula-no-colegio-estadual-severino-vieira-foto-divulgacao-4
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) mantém a Plataforma Freire aberta para as secretarias de educação, com isso, as secretarias podem continuar a habilitação de escolas que participarão do Programa de Residência Pedagógica e Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).
A habilitação das escolas é uma importante etapa para a concretização dos programas, fortalecendo o regime de colaboração na formação de professores da educação básica. Os projetos selecionados por meio dos Editais nº 6/2018 e nº 7/2018 serão desenvolvidos pelas Instituições de Ensino Superior (IES) em articulação com as redes de ensino.
A equipe técnica da CAPES está prestando toda assistência às secretarias para o acesso à Plataforma Freire. Em caso de dúvida, entre em contato pelos seguintes e-mails: residencia@capes.gov.br e pibid@capes.gov.br
Educação Básica – Com o objetivo de promover a iniciação do licenciando no ambiente escolar ainda na primeira metade do curso, o Pibid estimula a observação e a reflexão sobre a prática profissional no cotidiano das escolas públicas de educação básica desde o início da jornada do docente. Os selecionados serão acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de educação superior participantes do programa.
Já o Programa de Residência Pedagógica induz o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado por meio da imersão do licenciando – que já esteja na segunda metade do curso – em uma escola de educação básica. A imersão deve contemplar, entre outras ações, regência de sala de aula e intervenção pedagógica.
Assim como no Pibid, cada selecionado será acompanhado por um professor da escola com experiência na mesma área de ensino do licenciando e por um docente de instituição de educação superior. Além de assegurar a continuidade do Pibid, os editais propõem o aperfeiçoamento da formação de professores para a educação básica e a valorização dos cursos de licenciatura.
O programa Residência Pedagógica foi instituído em 2018 pela Portaria 38/2018. A finalidade da iniciativa é apoiar instituições de ensino superior na implementação de projetos inovadores que estimulem a articulação entre teoria e prática nos cursos de licenciatura, conduzidos em parceria com as redes públicas de educação básica.
>> Acesse as páginas dos programas Pibid e Residência Pedagógica