Secretaria inicia Formação Continuada para Educadores da Rede da Educação Profissional e Tecnológica

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia iniciou nesta terça-feira (1), a Formação Continuada para gestores, coordenadores pedagógicos e técnicos da Rede de Educação Profissional e Tecnológica. O encontro é realizado por meio da Superintendência da Educação Profissional e Tecnológica (Suprot) e segue até esta quarta-feira (2), na sede do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), em Salvador. Durante o encontro estão sendo realizadas Oficinas e Mesas Dialógicas tendo como temas os pressupostos teóricos e metodológicos, bem como políticas da Educação Profissional e Tecnológica. Nesta primeira etapa, também participam os gestores dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE).

O secretário da educação, Jerônimo Rodrigues, destaca a parceria da Suprot e do IAT na formatação da formação, na discussão das metodologias, concepções e princípios. “Precisamos redimensionar, pensar em um trabalho mais dirigido para universalizar a Educação Profissional ou disponibilizar para quem deseja, qualificar dentro que o mercado exige e do que as pessoas necessitam de formação”. Acrescentou que é importante ter a rede em movimento para que esta formação se estenda por toda Bahia, “fortalecendo e qualificando a educação pública”, completou Jerônimo.
A Diretora Pedagógica do IAT, Diana Melo salienta que esta formação continuada tem um diferencial das que são ofertadas para os gestores e coordenadores das escolas regulares. “O foco aqui é no Mundo do Trabalho, tendo o contexto da atividade profissional como princípio educativo”, ressaltou.  A gestora do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) Bacia do Rio Grande, Fernanda Suely Souza da Paz, acredita que este momento é importante para aproximação e compartilhamento de experiências.  “Nestes encontros há um estreitamento necessário e essencial da comunicação entre os Centros e os gestores”, afirmou.
Neste sentido, o Superintendente da Suprot, Ezequiel Westphal, destaca que os encontros deste ano acontecerão de forma gradativa, desde a concepção e fundamentos teóricos até questões de rotina de sala de aula.  “A partir de agora a Educação Profissional se organiza nesta agenda de formação que segue até o final do ano em outros momentos formativos”. Afirma também que em 2020, o foco será o currículo do Ensino Médio na perspectiva da Educação Profissional. Até o final de 2019, estão previstos mais três encontros de Formação. O próximo será ainda neste mês de outubro e os demais em novembro e dezembro.