Secretaria da Educação promove o 5º Encontro Estudantil na Arena Fonte Nova

encontro

Mais de 30 mil estudantes da rede estadual de ensino deverão participar do 5º Encontro Estudantil: ciência, arte, esporte e cultura, de 21 a 23 de novembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Vindos de todas as regiões do Estado, cerca de quatro mil estudantes criadores irão expor produções científicas, artísticas, esportivas e culturais desenvolvidas durante o ano letivo 2016 nas escolas. A abertura oficial será realizada no dia 21, às 9h, no Salão das Artes (Nível 6). O encontro será aberto para a visitação pública, das 8h30 às 18h.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, disse que o Encontro Estudantil reflete as políticas públicas implementadas pelo Governo do Estado da Bahia, que contribuem para uma escola mais dinâmica. “O Estado vem investindo pelo fortalecimento pedagógico nas escolas e o Encontro Estudantil é um reflexo destas ações, que promovem o protagonismo dos nossos estudantes, por meio dos projetos capitaneados pelos professores em sala de aula”, afirmou.

Durante estes três dias, o principal palco do futebol da Bahia abre espaço para a música, as artes visuais, a literatura, o cinema, o patrimônio, os esportes, a dança, as ciências, a matemática, a educação profissional e tecnológica, para a educação de jovens e adultos, a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia, entre muitas outras ações formativas e educativas, por meio de projetos estruturantes desenvolvidos nos contextos escolares.

Os estudantes criadores dos distintos projetos artísticos que participarão dos cursos preparatórios, acompanhados de professores e coordenadores, começam a chegar à capital baiana no dia 16 de novembro, quando os estudantes iniciam a participação em diversas oficinas, como literatura, canto e expressão corporal. As ações são preparativas para as apresentações das finais de cada projeto que ocuparão os níveis 3, 4, 5 e 6 da Arena Fonte Nova, além de atividades de preparação em estúdios, hotéis e em campo para a apropriação do conhecimento.

Projetos
O Encontro envolverá os seguintes projetos: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE), Tempos de Arte Literária (TAL), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (PROVE), Mostra de Dança Estudantil (DANCE), Encontro de corais (ENCANTE), Festival Estudantil de Teatro (FESTE) e a Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA). O evento também contará com os festivais de judô, xadrez, capoeira e Rugbyb, além de basquetebol especial, voleibol, futsal, handebol, basquete e vôlei, dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP).

O encontro contará, ainda, com a Feira de Tecnologias Sociais da rede Estadual de Educação Profissional e Tecnológica da Bahia: território e intervenção social e com o Espaço Professor/Empreeendedor.  A atividade inclui a tenda digital, além de Simulador de Voo e da Caixa Preta, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura.

Na programação, ainda, constam o segundo Encontro Estadual de Líderes de Classe, Exposição dos 10 anos do programa Todos pela Alfabetização (TOPA), contação de histórias e Transmissão do evento, ao vivo, para os estudantes das telesalas de aula do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). A atividade marcará os lançamentos da Plataforma Anísio Teixeira e do Programa ‘Nas Ondas da Rede’ da Rádio Anísio Teixeira, a realização de palestras sobre a vida e obra de Anísio Teixeira, bem como de apresentações sobre o Instituto Anísio Teixeira e centros de formação de profissionais da Educação do país.

Governo lança edital do concurso público para professores e coordenadores pedagógicos

IMG-20160202-WA0037

O Governo do Estado da Bahia, por meio das Secretarias da Educação e Administração, lançou, nesta sexta-feira (10), o edital do concurso público para 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições serão abertas, às 10h (horário de Brasília), às 9h na Bahia, da próxima terça-feira (14) e prosseguem até às 14h (horário de Brasília), às 13h na Bahia, do dia 12 de dezembro. As inscrições, no valor de R$ 100 para ambos os cargos, serão feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas.

O concurso foi anunciado pelo governador, Rui Costa, e pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, durante o Papo Correria, pelo Facebook do Govenador. “O concurso vem para preencher uma lacuna deixada pelo término do contrato temporário do REDA e pelas aposentadorias. Serão dois concursos em um, que vão acontecer na mesma data. O concurso será territorializado, como forma de fidelizar os professores na região que escolheu, promovendo um maior vínculo entre o profissional e a comunidade local”, afirmou Rui Costa.

O secretário Walter Pinheiro disse que o concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso é vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou Pinheiro, ao destacar que a iniciativa Vai potencializando a oferta da Educação em Tempo Integral na rede. “A nossa meta é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, afirmou.

Oferta
As vagas para professores são para diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes, licenciatura interdisciplinar em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias, habilitação em Química oriundo de curso superior. Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Remuneração
Para o cargo de professor padrão P, grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação de Estímulo às Atividades de Classe, no percentual de 31,18% incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 668,92, perfazendo um total de  2.814,28. Para o cargo de Coordenador Pedagógico, Padrão P,  grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$
2.145,36, acrescido de Gratificação por Condições Especiais de Trabalho, no percentual de 34,75%, incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 745,51, totalizando R$ 2.890,87.

Aplicação das Provas
O concurso terá três etapas. As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

Confira edital de concurso para professores e coordenadores

edital
Estão abertas as inscrições do Concurso Público para professor e coordenador pedagógico da rede estadual de ensino. Serão disponibilizadas 3.096 vagas para o cargo de professor e 664 vagas para o cargo de coordenador pedagógico. O edital foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10).
A seleção para os cargos de professor e coordenador pedagógico será composta por três etapas: provas objetivas (etapa habilitatória e classificatória), prova discursiva (etapa habilitatória e classificatória realizada juntamente com as Provas Objetivas) e prova de títulos para os candidatos habilitados na prova discursiva.

“Estamos querendo experimentar, nesse concurso, algo muito importante que é trabalhar com a possibilidade de abrir vagas para a Educação Inclusiva. Nossa meta, também, é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, disse Walter Pinheiro.

O governador Rui Costa e o Secretário da Educação, Walter Pinheiro, anunciaram o concurso durante o programa #PapoCorreria, transmitido ao vivo, na terça-feira (7), pelas redes sociais

Governador assina projeto de lei que concede promoções a professores

Rui
O governador Rui Costa se reuniu com secretários estaduais e representantes da Associação dos Professores Licenciados do Brasil – Secção Bahia (APLB-BA) nesta quarta-feira (8), na Governadoria, quando assinou projeto de lei concedendo duas promoções para professores e coordenadores dos ensinos fundamental e médio. Encaminhada à Assembleia Legislativa (Alba), a medida representa um ganho médio de 14% para categoria, até maio de 2019.
Além de antecipar o pagamento sobre o salário básico, o Governo do Estado vai incentivar a promoção dos profissionais. “[O projeto] é, principalmente, um reconhecimento. Tanto é que nós vamos promover uma formação para mais de 25 mil professores da nossa rede, para eles terem direito a esse ganho. Serão 6% agora [neste ano], depois um resíduo de 1% em maio do ano que vem e mais o restante, os outros 7%, em novembro de 2018”, explica o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro. O projeto vai beneficiar 29 mil educadores e terá um investimento total de R$ 348 milhões.
O Governo do Estado também já garantiu outras melhorias para a categoria. “Vai ter concurso público para quase 4 mil professores e coordenadores pedagógicos”, lembrou o presidente da APLB-BA, Rui Oliveira, que aproveitou o encontro para apresentar novas demandas. A reunião ainda teve a presença dos secretários da Administração, Edelvino Góes, e de Relações Institucionais, Josias Gomes.

Secretaria da Educação promove o 5º Encontro Estudantil na Arena Fonte Nova

encontro

Mais de 30 mil estudantes da rede estadual de ensino deverão participar do 5º Encontro Estudantil: ciência, arte, esporte e cultura, de 21 a 23 de novembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Vindos de todas as regiões do Estado, cerca de quatro mil estudantes criadores irão expor produções científicas, artísticas, esportivas e culturais desenvolvidas durante o ano letivo 2016 nas escolas. A abertura oficial será realizada no dia 21, às 9h, no Salão das Artes (Nível 6). O encontro será aberto para a visitação pública, das 8h30 às 18h.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, disse que o Encontro Estudantil reflete as políticas públicas implementadas pelo Governo do Estado da Bahia, que contribuem para uma escola mais dinâmica. “O Estado vem investindo pelo fortalecimento pedagógico nas escolas e o Encontro Estudantil é um reflexo destas ações, que promovem o protagonismo dos nossos estudantes, por meio dos projetos capitaneados pelos professores em sala de aula”, afirmou.

Durante estes três dias, o principal palco do futebol da Bahia abre espaço para a música, as artes visuais, a literatura, o cinema, o patrimônio, os esportes, a dança, as ciências, a matemática, a educação profissional e tecnológica, para a educação de jovens e adultos, a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia, entre muitas outras ações formativas e educativas, por meio de projetos estruturantes desenvolvidos nos contextos escolares.

Os estudantes criadores dos distintos projetos artísticos que participarão dos cursos preparatórios, acompanhados de professores e coordenadores, começam a chegar à capital baiana no dia 16 de novembro, quando os estudantes iniciam a participação em diversas oficinas, como literatura, canto e expressão corporal. As ações são preparativas para as apresentações das finais de cada projeto que ocuparão os níveis 3, 4, 5 e 6 da Arena Fonte Nova, além de atividades de preparação em estúdios, hotéis e em campo para a apropriação do conhecimento.

Projetos
O Encontro envolverá os seguintes projetos: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE), Tempos de Arte Literária (TAL), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (PROVE), Mostra de Dança Estudantil (DANCE), Encontro de corais (ENCANTE), Festival Estudantil de Teatro (FESTE) e a Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA). O evento também contará com os festivais de judô, xadrez, capoeira e Rugbyb, além de basquetebol especial, voleibol, futsal, handebol, basquete e vôlei, dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP).

O encontro contará, ainda, com a Feira de Tecnologias Sociais da rede Estadual de Educação Profissional e Tecnológica da Bahia: território e intervenção social e com o Espaço Professor/Empreeendedor.  A atividade inclui a tenda digital, além de Simulador de Voo e da Caixa Preta, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura.

Na programação, ainda, constam o segundo Encontro Estadual de Líderes de Classe, Exposição dos 10 anos do programa Todos pela Alfabetização (TOPA), contação de histórias e Transmissão do evento, ao vivo, para os estudantes das telesalas de aula do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). A atividade marcará os lançamentos da Plataforma Anísio Teixeira e do Programa ‘Nas Ondas da Rede’ da Rádio Anísio Teixeira, a realização de palestras sobre a vida e obra de Anísio Teixeira, bem como de apresentações sobre o Instituto Anísio Teixeira e centros de formação de profissionais da Educação do país.

Rui Costa e Pinheiro anunciam concurso público e aumento salarial para professores

correria

O governador Rui Costa e o secretário da Educação, Walter Pinheiro, anunciam várias ações que estão sendo implementadas para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais, nesta terça-feira (07), no programa Papo Correria – que é exibido ao meio dia, ao vivo, pelo Facebook. Dentre os destaques estão o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos, aumento salarial para os professores, investimentos em tecnologia para acesso a banda larga nas escolas e melhorias na infraestrutura das unidades escolares.

O novo concurso público na rede estadual de ensino ofertará 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores do magistério público, com carga de 40 horas semanais, e 664 para coordenadores pedagógicos, distribuídas nos municípios dos 27 Territórios de Identidade. O edital do concurso será publicado até esta sexta-feira (10), no Diário Oficial.

Conforme Rui Costa, o concurso irá contribuir para o fortalecimento e ampliação do projeto do Governo do Estado de Educação Integral da rede estadual. “O concurso vem para preencher uma lacuna deixada pelo término do contrato temporário do REDA e pelas aposentadorias. Serão dois concursos em um, que vão acontecer na mesma data. O concurso será territorializado, como forma de fidelizar os professores na região que escolheu, promovendo um maior vínculo entre o profissional e a comunidade local”, afirmou. O governador destacou, também, a ampliação da carga horária. “Pela primeira vez, os novos ingressos irão, efetivamente, concorrer a 40 horas semanais, o que aumentará a sua capacidade de entrega, contribuirá para a Educação Integral e o oportunizará um rendimento maior”.

O secretário Walter Pinheiro também falou sobre a distribuição de vagas para outras especialidades. “Estamos querendo experimentar, nesse concurso, algo muito importante que é trabalhar com a possibilidade de abrir vagas para a Educação Inclusiva. Nossa meta, também, é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”.

Reajuste salarial
Durante o Papo Correria, o governador anunciou, também, o encaminhamento de um projeto de lei para a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) para o reajuste salarial dos professores em 14% até 2019, por qualificação. “Em breve, teremos novidades sobre a gratificação para os vice-diretores escolares”, completou. Além disso, foi ressaltado que o Governo está investindo na melhoria da infraestrutura das unidades escolares da rede, o que inclui a construção de 14 novas escolas, mais de 200 reformas e licitação para a ampliação de mais de 50 escolas, bem como para a cobertura de quadras esportivas.

Na oportunidade, o secretário Walter Pinheiro afirmou que todos os colégios estaduais localizados em Salvador já estão recebendo cabeamento de fibra ótica e rede wifi para o acesso à rede de internet, que será compartilhada com a comunidade do entorno, fora dos horários de funcionamento das escolas. “Além disso, estamos negociando com um servidor de satélite e provedores de internet a ampliação do acesso à banda larga para todas as escolas da rede estadual”, enfatizou.

Secretaria da Educação inicia a renovação da matrícula para o ano letivo de 2018

alunos2

A renovação da matrícula, para o ano letivo de 2018, dos estudantes que estão matriculados e com frequência regular nas escolas da rede estadual de ensino, teve início nesta segunda-feira (6), em todo o Estado. O processo, que segue até o dia 30, pode ser realizado aqui ou diretamente na unidade escolar onde o aluno está concluindo o ano letivo de 2017.

Para a renovação, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. No caso de menores de 16 anos, é necessário que os pais ou responsáveis sinalizem a permanência ou não do aluno na escola e assinem o documento para a devolução. A outra opção é o estudante ou responsáveis (no caso de menos de 16 anos) utilizarem o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet.

No Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos, no Bairro da Paz, pais de alunos de menores de 16 anos se mostravam ansiosos por garantir a vaga de seus filhos para o ano letivo em 2018 na mesma unidade escolar. “Não gosto de deixar nada para a última hora, quis vir logo para ficar tranquila. E como eu e o pai acompanhamos sempre a vida escolar de nossa filha, na renovação da matrícula não seria diferente. Estamos aqui contribuindo com tudo que for importante para o crescimento dela”, afirma Daniela Maria Jesus. A filha, Caroline de Jesus Silva, 16, também fala sobre o assunto: “É uma preocupação a menos, por isso a gente quis fazer logo a minha renovação. Ano que vem estarei no 2º ano do Ensino Médio e isto é gratificante para mim e toda a minha família”.

Vancleide Matos, ex-aluna do Colégio Estadual Bolivar Santana, na Paralela, e mãe da estudante Brenda Vitória Cerqueira, 13, 7º ano, também chegou cedo na unidade escolar. “Tenho sempre a preocupação de garantir a vaga da minha filha neste colégio, que é onde eu e minhas irmãs estudaram e sei que tem um bom ensino”. Brenda, que estava acompanhada da mãe para fazer a renovação, também comenta: “Eu fico mais aliviada em fazer logo a renovação porque terei a certeza de que a minha vaga está garantida para 2018”.

O vice-diretor do Paulo dos Anjos, Fernando Lima, faz um chamamento aos estudantes e pais de alunos: “É importante que todos adiantem o processo de renovação da matrícula porque, quanto mais rápido o fizermos, mais cedo saberemos o quantitativo de alunos da casa permanecerão e, assim, saberemos quantas vagas serão disponibilizadas para os que desejam ingressar no nosso colégio”.

Vaga garantida
O coordenador da matrícula da Secretaria da Educação do Estado, Marcus Machado, fala sobre a importância do processo de renovação da matrícula. “A renovação é que vai garantir a vaga do aluno na mesma escola e no mesmo turno em que cursou em 2017. O estudante que não renovar a sua matrícula, não terá a vaga garantida na mesma unidade escolar e no mesmo turno para o ano seguinte, porém, de posse da carta que ele já recebeu da escola, utilizando o código contido no documento, ele poderá fazer a matrícula no dia 16 de janeiro, que é a data destinada à transferência dos alunos da rede estadual. Portanto, a renovação é importante porque se trata do momento em que a escola vai identificar o interesse do estudante em permanecer naquela unidade em que está matriculado”, destacou.

Educação Especial
Pela primeira vez, a Secretaria da Educação irá realizar pré-matrícula para o público alvo da Educação Especial, ou seja, estudantes com necessidade educacional especial (com deficiência, transtorno global do desenvolvimento e/ou altas habilidades/superdotação), com ou sem diagnóstico comprovado, que não concluíram o ano letivo 2017 nas escolas estaduais e desejem ingressar ou regressar à rede estadual de ensino no ano letivo de 2018. Esta pré-matrícula, agendada para os dias 13 e 14/11, acontecerá apenas pela internet, através do Portal da Educação.

Para a pré-matrícula, todos os campos de cadastro devem ser preenchidos, informando o tipo de deficiência que o estudante possui, se apresenta transtorno global do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação. O estudante inscrito na pré-matrícula da Educação Especial terá a sua matrícula efetivada somente após a entrega da documentação (original do histórico escolar, original e cópia da carteira de identidade ou certidão de registro civil e original e cópia, com data recente, do comprovante de residência) na unidade escolar que for indicada no cadastro pelo Núcleo Territorial de Educação (NTE), nos dias 25, 26 e 29 de janeiro de 2018.

A matrícula para os alunos novos ou para os alunos da rede que irão mudar de escola acontecerá em janeiro de 2018.

Secretaria da Educação do Estado disponibiliza plataformas digitais de preparação para o ENEM

alunos1

A Secretaria da Educação do Estado está disponibilizando uma série de conteúdos educacionais digitais para auxiliar os estudantes na preparação para o Exame Na­ci­onal do En­sino Médio (ENEM), que será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. Trata-se do Ambiente Educacional Web (AEW), um espaço pedagógico multidisciplinar, com mais de cinco mil conteúdos digitais registrados em licenças livres, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Com conteúdos de todas as disciplinas das áreas de conhecimento e de todos os níveis de ensino, o espaço é uma ferramenta acessível para os estudantes, com um sistema de busca fácil e dinâmico. Esses conteúdos digitais são produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira. Com acesso público e gratuito, o Ambiente Educacional Web conta, também, com sites temáticos, como a Rede Social Espaço Aberto e o Blog do Professor Web.

O Ambiente Educacional Web também pode ser acessado de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, contribuindo para que estudantes e professores ampliem as possibilidades de compartilhar conteúdos educacionais e construir conhecimentos por meio das novas tecnologias da informação e da comunicação. As videoaulas do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC) também estão disponíveis no Portal da Educação.

Plataforma EDUX – A Secretaria da Educação do Estado também está disponibilizando o Módulo EDUX, que pode ser acessado utilizando computadores ou celulares, através do endereço www.edux.tv. A iniciativa, que é uma parceria da Secretaria com a empresa Liceu Virtual, a operadora OI e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), beneficia dois mil estudantes de dez escolas da capital. Por meio do módulo, os estudantes estão tendo acesso a diversos conteúdos voltados para as provas, a exemplo de videoaulas, simulados, chat e outros artifícios interativos.

O conteúdo do Módulo EDUX para estudantes dispõe, ainda, de livros digitais interativos, de um banco de questões com notificador do momento de revisar assuntos e sistema interno para rastreamento de carências de aprendizagens e com procedimentos de localização de falhas de aprendizado. A plataforma oferece, ainda, simulado de prova individual no modelo do ENEM por agenda feita pelo estudante, com relatório de tendências de desempenho.

Estudantes poderão concluir cursos técnicos de nível médio por meio de TCC

capacitacao-do-ep-e-estagio-no-tcc-da-suprof-4

Os estudantes de cursos técnicos de nível médio da rede estadual poderão concluir a formação com a apresentação de um Trabalho de Conclusão de Cursos. As novidades sobre o assunto foram apresentadas pela Secretaria da Educação do Estado, nesta segunda-feira (30), a educadores que trabalham diretamente com a questão nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e Tecnológica e de unidade compartilhadas da rede, durante formação no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, por meio do curso sobre “O papel do TCC e do estágio na formação dos alunos da Educação Profissional”.

A principal mudança diz respeito à implantação da Portaria nº 3704/ 2017, que normatiza o TCC para os cursos técnicos de nível médio, ofertados no âmbito da rede estadual. Esta portaria substitui à de nº 5570/2014, que tornava o estágio um item obrigatório para a conclusão dos cursos técnicos de nível médio. O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio Netto explicou a necessidade desta alteração.

“Queremos ampliar a oferta de oportunidades para que o aluno possa concluir o seu curso e ser diplomado. Isto porque muitos têm dificuldade de realizar o estágio, já que, por trabalharem durante o dia e estudarem à noite, não têm tempo. Também reduzimos a carga horária dos estágios para três mil hora. A carga horária estava muito extensa, com 20, 25% da carga horária total dos cursos, quando a legislação permite que se faça o estágio com o mínimo de 140 horas. Então, ampliando o número de diplomação possível, vamos conseguir colocar mais egressos no mundo do trabalho à disposição da sociedade baiana”, acredita.

Segundo Durval, a proposta do TCC é pautada na interação entre teoria e prática, possibilitando que a aprendizagem escolar extrapole o ambiente físico da escola, promovendo a aproximação da comunidade escolar aos diferentes segmentos da comunidade externa, possibilitando o acesso do estudante a novas tecnologias, conhecimentos e metodologias. “O desenvolvimento do TCC nos cursos de nível médio – a exceção é para o curso de Enfermagem, o qual o estágio é obrigatório – possibilitará a formação de profissionais inovadores, empreendedores e criativos, aptos a enfrentar os desafios que o mundo do trabalho requer”, destaca o superintendente.

Capacitação
A vice-diretora do mundo do trabalho do CETEP Portal do Sertão, em Feira de Santana, Anete Magalhães, comentou sobre a importância da capacitação. “Sempre acreditei no processo contínuo de aprendizado porque nunca estamos prontos e temos que sempre buscar mudanças para garantir o acesso do aluno ao mundo do trabalho. Parabenizo o núcleo da Superintendência da Educação Profissional e Tecnológica por esses eventos importantes para revitalizar o processo de ensino e aprendizagem. E nesse novo olhar para o trabalho de conclusão do curso, devemos sair daqui com novos aprendizados para que possamos ser multiplicadores desse processo nos Centros, certa de que o TCC irá imprimir novos olhares no que diz respeito ao novo perfil desse estudante para o mundo do trabalho”.

A professora Sioleide Cavalcante, do curso técnico em Agroecologia do Centro Educacional Antônio Honorato, no município de Casa Nova, falou de suas expectativas com o TCC como alternativa para a conclusão dos cursos. “Participar desse momento de capacitação sempre nos traz novas experiências. Estamos com a expectativa de novos aprendizados e querendo conhecer as mudanças que ocorrerão no estágio, até porque precisamos nos inteirar e essa experiência nos traz mais aplicabilidade nesse processo do estágio e contribui para desenvolvermos mais a nossa capacidade de planejamento”.

Manuais
Durante a capacitação, foram apresentados os instrumentos e manuais que vão apoiar os educadores nos centros e unidades compartilhadas. “Através dos manuais, que são direcionados tanto para os estudantes, como para os professores, os envolvidos são instruídos para a elaboração do TCC, bem como para a normatização de instrumentos, para regulamentação do estágio”, explicou a diretora da Superintendência de Educação Profissional e Tecnológica (SUPROT), Danile Sanches.

Secretaria da Educação promove diálogo com Coordenadores dos Núcleos Territoriais de Educação

dialogo-com-gestores-em-feira-de-santana-foto-claudionor-1

Coordenadores da Educação Básica (CODEB) e Coordenadores de Atendimento Regional (COARE) dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) estão reunidos no Instituto de Educação Gastão Guimarães, em Feira de Santana, a 115 Km de Salvador, na região Centro Norte,  para o encontro “Diálogo com Gestores”. O evento, que teve início na quarta-feira (25) e segue até a sexta-feira (27), tem como objetivo o fortalecimento da relação com os núcleos e discutir inovações pedagógicas para a melhoria da Educação em todo o Estado.

Nesta quinta-feira (26), o Secretário da Educação, Walter Pinheiro, participou do diálogo e salientou que os encontros têm o objetivo de aproximar ainda mais a Secretaria das escolas. “Esse é um trabalho que estamos realizando de envolver, cada vez mais, os núcleos com a Secretaria. Quebrar a distância, tentar estabelecer um novo caminho. Essa é mais uma etapa dos diálogos que estamos realizando. Já tivemos com os gestores dos núcleos, diretores de todas as unidades escolares e agora com os coordenadores. Também estamos ampliando esses diálogos para os estudantes e líderes de classe. Queremos, com esses diálogos, estabelecer uma relação de confiança e encaminhamentos. Empoderar com responsabilidade, porque a Secretaria está dando ferramentas, indicando caminhos, para que esses coordenadores saibam executar da melhor forma o aprendizado. É a Secretaria se aproximando da escola, porque é a escola que sabe fazer”, ressaltou.

Para a Coordenadora de Educação Básica (CODEB), do Núcleo Territorial de Educação de Itaberaba (NTE 14), Nogma Brito, o encontro está sendo extremamente proveitoso.” Nós nunca tivemos essa oportunidade, que para nós é ímpar. Ser ouvido enquanto coordenador, trazer nossas demandas, dividir as nossas ansiedades, está sendo fantástico. Melhor ainda saber que essa equipe está preparada, empenhada e decidida a nos ajudar, a solucionar nossas dúvidas e problemas, pontuando a especificidade de cada território”, conclui.

O Coordenador de Atendimento Regional (COARE), do NTE 05, Mauro Alves, parabenizou a secretaria pela iniciativa. “Estou muito feliz em participar do I Encontro de CODEB e COARE. É uma oportunidade de tirar nossas dúvidas, visto que ficamos distantes do órgão central, na ponta. Buscamos, com esse encontro, levar os esclarecimentos dos superintendentes e técnicos da Secretaria para nossos gestores escolares. Está sendo proveitoso. Sem falar que está acontecendo uma troca de experiências, informações e ideias muito boa com outros coordenadores”, finaliza.